FANDOM


A Toca do Lobo é uma antiga fortaleza em Porto Branco, que agora serve como prisão. Possui paredes negras que estão desmoronando.[1]

HistóriaEditar

O Rei Jon Stark ergueu a Toca do Lobo para defender a foz do Faca Branca contra corsários vindos do mar. Fora a morada de muitos filhos, irmãos, tios e primos do Rei no Norte. Alguns passaram o castelo para seus próprios filhos e herdeiros, e, assim, ramificações da Casa Stark surgiram. Os Greystark duraram por mais tempo, mantendo a Toca do Lobo por cinco séculos, até ousarem se juntar a Forte do Pavor em uma rebelião contra os Stark de Winterfell.[2]

Após os Greystark, o castelo passara por várias mãos. A Casa Flint o mantivera por um século, a Casa Locke por quase dois. Slate, Long, Holt e Ashwood também dominaram o lugar, encarregados por Winterfell de manter o rio seguro. Saqueadores das Três Irmãs tomaram o castelo uma vez, transformando-o em base de apoio no Norte. Durante as guerras entre Winterfell e o Vale, a Toca foi cercada por Osgood Arryn, "o Velho Falcão", e queimada por seu filho, chamado de "a Garra".[2]

A Toca do Lobo foi capturada por traficantes de escravos dos Degraus quando o Rei Edrick Stark estava enfraquecido demais pare defender seu reino. Um longo e cruel inverno chegou, que congelou o Faca Branca. Enquanto os traficantes de escravo se aqueciam em suas fogueiras dentro do castelo, o bisneto de Edrick "Barba de Neve", o novo rei chamado de "Olhos de Gelo", caiu sobre eles e retomou a Toca. Ele deixou os traficantes sem roupas e os entregou aos escravos que encontrou acorrentados nos calabouços. Eles, entre os quais estavam os ancestrais de Sor Bartimus, penduraram as entranhas dos traficantes nos galhos da árvore-coração, como uma oferenda aos Deuses Antigos. Sor Bartimus se gaba sobre Wyman Manderly ter dado a Toca do Lobo a ele como recompensa por ter salvo sua vida na Batalha do Tridente.[2]

Há mil anos antes da Guerra da Conquista, os Manderly juraram diante dos Deuses Antigos e dos Novos serem homens dos Stark de Winterfell para sempre, em troca da proteção de seus inimigos e da terra que se tornaria Porto Branco.[3]

PessoalEditar

ReferênciasEditar

  1. A Dança dos Dragões, Capítulo 15, Davos
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 2,7 2,8 A Dança dos Dragões, Capítulo 29, Davos
  3. A Dança dos Dragões, Capítulo 19, Davos


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória