FANDOM


House-Florent shield.PNG-Main-Shield
House-Baratheon-of-Dragonstone-Main-Shield

"Nenhum ato feito em serviço do Senhor da Luz pode ser considerado um pecado."
―Selyse Baratheon

Rainha Selyse Baratheon, née Florent, foi uma personagem recorrente nas temporadas 3,4 e 5. Selyse era a esposa de Stannis Baratheon e mãe de Shireen Baratheon. Ela nasceu na Casa Florent de Fortaleza das Águas Claras, uma casa nobre da Campina e vassala da Casa Tyrell.

História

Anteriormente

Stannis Selyse wedding

Casamento de Stannis e Selyse

Selyse e Stannis têm apenas uma criança viva, uma filha doentia, mas inteligente, a princesa Shireen Baratheon. O resto da descendência de Selyse e Stannis, Petyr, Tommard e Edric, estavam todos mortos ao nascerem. Ela mantém seus cadáveres flutuando em recipientes de cristal cheios de produtos químicos em suas câmaras.

2ª Temporada

A Rainha Selyse está presente no ritial de queima das estátuas dos Sete nas margens em Pedra do Dragão, de pé ao lado de seu marido, o Rei Stannis. Quando Stannis puxa a flamejante Luminífera de uma das estátuas, ela se ajoelha ao lado dos outros adoradores do Senhor da Luz. Depois que a cerimônia acaba, Stannis estende a mão para ela e Selyse ergue-se para caminhar atrás dele.

Melisandre observa que Selyse não conseguiu dar um filho homem a Stannis, mas apenas meninos mortos, e que Selyse é doentia e freqüentemente confinada em sua torre em Pedra do Dragão.

Mais tarde, Stannis lembra Sor Davos Seaworth como sua esposa Selyse quase morreu durante o cerco de Ponta Tempestade durante a Rebelião de Robert antes que Davos conseguisse quebrar as linhas e trazer suprimentos.

3ª Temporada

Deprimido após sua derrota na Batalha da Água Negra, Stannis visita Selyse pela primeira vez desde o retorno da batalha. Ele a encontra no seu quarto, orando ao Senhor da Luz: Selyse é uma fanatica na religião de R'hllor e foi quem primeiro convidou Melisandre para Pedra do Dragão. Stannis e Selyse não têm um relacionamento amoroso, mas ela é reverente a ele e o admira como seu rei e o Escolhido pelo Senhor. Ela diz que para ele não se desesperar apesar de sua derrota e que ele será vitorioso.

Selyse Baratheon

Selyse encontra-se com Stannis.

Devido à sua extrema crença no dever (ao contrário de seu irmão Robert), Stannis está muito abalado pelo fato de que ele quebrou seus votos matrimoniais para Selyse, quando ele fez sexo com Melisandre para criar a criatura sombra-assassina que matou Renly. Ele começa a confessar a Selyse que ele pecou e a envergonhou, mas ela o interrompe e diz que Melisandre já lhe contou tudo - e que nenhum ato feito no serviço do Senhor da Luz pode ser um pecado. Na verdade, ela chorou de alegria quando Melisandre contou-lhe sobre esse serviço que fez pelo Senhor da Luz com Stannis e porque a Sacerdotisa Vermelha lhe deu um "filho" que ela nunca pode. O rosto de Stannis é preenchido com uma mistura de choque, desgosto e alívio. Selyse teve três filhos com Stannis, mas todos morreram. Ela caminha até um canto de seus aposentos, onde mantém seus minúsculos cadáveres preservados em frascos de vidro. A morte de seus "meninos doces" e o fracasso em produzir um herdeiro masculino afetaram profundamente Selyse e fizeram com que abraçasse zelosamente a religião estrangeira do Senhor da Luz. Ela chora e lamenta que ela não pode dar nada a Stannis - ele não a culpa. Selyse entende que ele está se referindo a sua filha, a princesa Shireen Baratheon. Ela fica irritada quando percebe que ele veio vê-la também e diz que não deve perder tempo em tais distrações.

4ª Temporada

Selyse with stannis during sacrifices

Selyse com o marido durante os sacrifícios.

Na praia de Pedra do Dragão, Melisandre preside uma queima pública, incendiando três pessoas encadeadas a estacas como uma oferta ao Senhor da Luz. Uma das vítimas é o próprio irmão da rainha, condenado pela falta de fé no poder do Senhor. Melisandre é surpreendentemente silenciosa durante todo o processo; É Selyse quem sente o maior prazer no ritual. Depois, Stannis e Selyse jantam, com Melisandre como convidada na mesa. O casal real discute sobre sua filha, a princesa Shireen Baratheon; Selyse acredita que a desfiguração da menina é uma punição do Senhor da Luz, mas Stannis proíbe furiosamente a sua esposa de castigar fisicamente sua filha por suas falhas percebidas. Selyse muda de tática e sugere que Melisandre fale com Shireen.

Selyse-baratheon-lady-melisandre-640x424

Selyse falando com Melisandre.

A rainha Selyse fala com Melisandre, que está curtindo um banho. Ela diz que o Senhor da Luz lhe disse para apreciá-lo, pois era a última vez que ela teria um bom banho, mas a brincadeira passa pela cabeça de Selyse. Para cimentar a posição de Selyse como a seguidora mais devotada de Melisandre, a Sacerdotisa Vermelha lhe diz sobre o uso de poções e ilusões ao servir o Senhor da Luz e que um pouco de pompa e decepção em ajudar os convertidos a ver a verdade será perdoada mais tarde. Selyse pergunta se ela usou as poções quando dormiu com Stannis, a que ela respondeu que não. Selyse então observa seu desejo de deixar sua filha Shireen para trás quando eles vão para o norte, mas Melisandre é tão desdenhoso sobre a "heresia" de Shireen como sempre é e assegura a Selyse que Shireen será necessário para onde eles vão.

Selyse and shireen in castle black

Selyse com sua filha, Shireen, em Castelo Negro

Selyse acompanha Stannis ao norte em sua defesa do Patrulha da Noite contra os selvagens. Ela está presente no funeral dos Patrulheiros para seus irmãos caídos.

5ª Temporada

Selyse, ao lado de sua filha, está presente quando Mance Rayder é executado por Stannis Baratheon por se recusar a dobrar o joelho. Ela expressa alegria enquanto Melisandre fala do Senhor da Luz enquanto Mance começa a ser consumido pelas chamas.

Selyse encontra sua filha ensinando as letras para Gilly para que ela possa aprender a ler. A rainha desaprova essa ação, dizendo a Shireen que seu pai conquistou o "povo" de Gilly e que, como uma selvagem, ela ainda é perigosa. Shireen tenta defender Gilly, mas Selyse simplesmente a repreende por ser ingênua, apesar de toda sua leitura de livros.

Com uma relutância insuperável, Stannis oferece a sua filha a Melisandre para sacrificá-la a R'hllor, para que a profecia se torne verdadeira. Quando a cerimônia começa, Selyse acredita em primeiro lugar que é a coisa certa a fazer. No entanto, quando Shireen está amarrada à pira, a criança começa a se contorcer e a gritar, implorando a sua mãe e seu pai por sua vida. Quando a chama está acesa e Shireen continua a pedir ajuda, Selyse tem uma mudança drástica de coração e começa a implorar a Stannis para parar o sacrifício. Como ela implora se transformar em um pedido, Stannis permanece insensível. Quando Stannis não responde às suas súplicas, Selyse corre freneticamente para a pira sacrificial em uma última tentativa desesperada de parar a cerimônia, mas é interrompida por soldados dos Baratheon igualmente perturbados. Enquanto os gritos de Shireen desaparecem com ela, Selyse olha horrorizada para o cadáver, soltando um grito, enquanto Stannis se afasta com lágrimas nos olhos - uma ocorrência rara para alguém aparentemente sem emoção.

Selyse Death

Selyse se mata após a morte de Shireen.

Consumido pelo sofrimento por permitir que sua filha morra, Selyse logo depois se enforca em um monte de árvores perto do campo dos Baratheon. Stannis fico abalado quando seus escoteiros descobrem seu corpo, Melisandre, por sua vez, foge da cena.

Nos Livros

Em Crônicas de Gelo e Fogo, Selyse é a esposa de Stannis. Eles têm um filha, Shireen. Selyse é extremamente alta, a mesma altura que o marido. Ela é fina com características afiadas, tem grandes orelhas típicos dos Florents e sofre de crescimento de cabelo no lábio superior. Ela não é considerada atraente. Ela é fanática pelo Senhor da Luz e confia em Melisandre. Na verdade, Selyse foi o primeiro membro da casa de Stannis que Melisandre converteu para a religião oriental. Isso se estende até o ponto de que os seguidores de Stannis que assumem a adoração do Senhor da Luz são apelidados de "Homens da rainha", referindo-se a Selyse - embora alguns usem isso em um sentido depreciativo, referindo-se a Melisandre como a "Rainha", para salientar que Stannis segue seu conselho mais perto do que a de sua esposa. Não é certo se Selyse está ciente de que Stannis teve encontros sexuais com Melisandre.

Não há menção nos livros que Selyse nunca deu à luz para meninos, nem que ela é doentia e muitas vezes confinada em sua torre.

Em A Dança dos Dragões, Selyse não acompanha Stannis para atacar Winterfell, mas permanece em Castelo Negro com Shireen e Melisandre. Numerosas vezes, ela encontra Jon Snow, cujos pensamentos internos dizem que Selyse é apenas a Rainha de Stannis e sua "verdadeira rainha" é Melisandre. Neste momento nos livros, ela ainda está viva.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.