FANDOM


{

"Sangue do Meu Sangue" é o sexto episódio da sexta temporada de Game of Thrones. É o quinquagésimo sexto episódio da série ao todo. Estreou em 29 de maio de 2016. Foi escrito por Bryan Cogman e dirigido por Jack Bender.

Sinopse

Um velho inimigo está de volta. Gilly se reúne a família de Sam. Arya enfrenta uma escolha difícil. Jaime enfrenta o Alto Pardal.

Enredo

Além da Muralha

Bran e Meera Reed continuam a fugir dos mortos-vivos, que seguem em perseguição a eles depois de saírem da caverna. Ainda preso nas visões, Bran testemunha diversos acontecimentos: o assassinato do Rei Aerys Targaryen por Jaime Lannister, o voo de um dragão sobre a Fortaleza Vermelha, a queda em Winterfell que causou sua paralisia, a transformação do último filho de Craster em um Caminhante Branco pelas mãos do Rei da Noite, o massacre em Durolar, a decapitação de Ned Stark, o assassinato de sua mãe Catelyn e de seu irmão Robb no Casamento Vermelho e uma explosão de fogovivo debaixo de Porto Real. Quando os mortos se aproximam, um cavaleiro vestido de preto aparece e destrói os monstros para resgatar Meera e Bran e fugir com os dois montados em seu cavalo.

Bran acorda e descobre que o cavaleiro é seu tio Benjen Stark, que está desaparecido além da Muralha. Benjen explica que foi ferido por um Caminhante Branco durante uma patrulha e foi deixado para morrer e se tornar um morto-vivo. Ele foi salvo pelos Filhos da Floresta ao ser empalado por vidro de dragão. Benjen diz que Bran precisa se tornar o Corvo de Três-Olhos e controlar seus poderes antes que o Rei da Noite siga para o Sul.

Em Monte Chifre

Sam, Gilly e Pequeno Sam chegam a Monte Chifre, sede da Casa Tarly. Sam alerta Gilly para não revelar que é uma selvagem, pois o pai Randyll tem ódio do povo que vive além da Muralha. O grupo é bem recebido por Melessa e Talla, a mãe e a irmã de Sam.

Durante o jantar, Randyll debocha de Sam ao falar de seu interesse por livros, seu peso e sua falta de talento para o combate. Gilly defende Sam e conta que o rapaz matou um Thenn e um Caminhante Branco. Quando Dickon, irmão de Sam, insiste que Caminhantes Brancos não existem, Gilly afirma que viu pessoalmente o acontecimento e revela suas origens selvagens. Randyll fica enojado e insulta Sam e Gilly, o que faz Melessa e Talla deixarem a sala com uma Gilly furiosa. Randyll diz para Sam que Gilly e Pequeno Sam podem ficar em Monte Chifre, mas que o garoto nunca mais pode pisar no local novamente. Sam se despede de Gilly, mas muda de ideia e decide levar a garota e Pequeno Sam junto com ele para a Cidadela. Ao partir, Sam leva com ele a espada ancestral de aço valiriano da Casa Tarly, a Veneno de Coração.

Em Braavos

Arya mais uma vez retorna para assistir à peça com Lady Crane. Ela entra nos bastidores durante o último ato e envenena o rum de Lady Crane. Quando tenta sair, Arya é detida por Lady Crane e as duas falam sobre teatro e sobre o passado da atriz. Nos camarins, Arya impede Lady Crane de beber o rum e avisa que a atriz rival Bianca quer vê-la morta. A cena é testemunhada pela Criança Abandonada, que volta para Jaqen H’ghar para contar sobre o fracasso de Arya. Jaqen dá permissão para que a Criança Abandonada mate Arya com a condição de que seja uma morte sem sofrimento. Enquanto isso, Arya recupera sua espada Agulha das pedras onde ela estava escondida e leva a arma de volta para o seu quarto.

Em Porto Real

O Alto Pardal se prepara ao lado do Rei Tommen para a caminhada da punição da Rainha Margaery. O Alto Pardal permite que Tommen visite sua esposa e o rei descobre que Margaery se tornou uma devota seguidora da Fé dos Sete e está arrependida de seus pecados.

Jaime e Mace Tyrell lideram uma companhia de soldados Tyrell pelas ruas de Porto Real até o Grande Septo de Baelor, onde o Alto Pardal apresenta Margaery para o povo da cidade. Jaime ordena que o Alto Pardal liberte Margaery e seu irmão Loras e ameaça usar força contra a Fé Militante. O Alto Pardal declara que Margaery não irá passar pela caminhada da punição e apresenta o Rei Tommen, que concordou em unir a Fé e a Coroa. Quando Mace Tyrell pergunta para sua mãe Lady Olenna o que isso significa, ela responde amargamente que significa que o Alto Pardal venceu.

Na sala do trono, para desgosto de Jaime, o Rei Tommen o dispensa de suas obrigações com a Guarda Real como punição por ter ameaçado a Fé. Ao conversar com Cersei, Jaime revela que recebeu ordens para derrubar o Peixe Negro de Correrrio, mas diz que gostaria mesmo é de destruir a Fé Militante para libertar Tommen da influência do Alto Pardal. Cersei avisa que fazer isso levaria Jaime a ser morto, mas concorda com a ideia de libertar Tommen. Ela aconselha Jaime a liderar o exército Lannister em Correrrio como uma demonstração de força para seus inimigos. Sobre seu julgamento que se aproxima, Cersei não demonstra preocupação e diz que será um julgamento por combate e que o “Montanha” será seu campeão, o que significa que ela não precisa ter medo do resultado. Cersei e Jaime se beijam apaixonadamente e fazem amor.

Nas Gêmeas

Lorde Walder Frey recebe a notícia de que Correrrio foi retomada pelo Peixe Negro Brynden Tully, tio de Catelyn Stark e um fiel aliado do exército de Robb Stark. Walder critica seus filhos Lothar Frey e Walder Negro, que não conseguiram defender o castelo. Eles explicam sua derrota e dizem que vários senhores das Terras Fluviais, entre eles a Casa Mallister e a Casa Blackwood, se ergueram em rebelião contra os Frey, além da Irmandade Sem Bandeiras estar queimando suas linhas de abastecimento e seus campos. Walder exige que a fortaleza dos Tully seja retomada e se recusa a ser humilhado por não conseguir defender um único castelo. Ele ordena que seus homens tragam Edmure Tully, tornado prisioneiro pelos Frey desde o Casamento Vermelho e declara que vai usá-lo para reconquistar Correrrio.

No Mar Dothraki

Daenerys discute com Daario Naharis sobre quantos navios serão necessários para cruzar o Mar Estreito com os Dothraki, os Imaculados e os Segundos Filhos. Daario acredita que pelo menos mil navios serão necessários para todo o exército de Daenerys. Ao notar um vento suspeito, Daenerys segue a frente sozinha. Quando Daario se prepara para segui-la, Drogon voa sobre o khalasar nas costas do dragão. Daenerys segue até os dothraki e diz que escolheu todos eles para serem seus Companheiros de Sangue e não somente os três tradicionais que são indicados por um Khal. Daenerys então pergunta se eles irão cruzar o mar para retomar os Sete Reinos com ela e todos respondem que sim.


Produção

Elenco

Principal

Secundário

Notas do elenco

Notas