FANDOM


O Reino das Três Filhas, ou Três Filhas, ou Tríade, como se autoproclamavam, foi uma aliança entre as Cidades Livres de Myr, Lys e Tyrosh, três "filhas" (colônias) da Cidade Franca de Valíria.

HistóriaEditar

OrigemEditar

Em 96, Tyrosh, Lys e Myr colocaram sua inimizade ancestral de lado para enfrentar Volantis nas Terras Disputadas, derrotando os volantinos na Batalha da Fronteira. Depois disso, as três se declararam em "aliança eterna" e fundaram a Tríade.

O Príncipe-Almirante de Myr Craghas Drahar então liderou uma invasão aos Degraus, varrendo os piratas das ilhas e tornando seguras as rotas do Mar Estreito. Em 92, os "piratas de Myr" haviam capturado a porção oriental de Tarth e o Príncipe Aemon Targaryen morrera lutando contra eles, mas se esses homens lutavam por Myr ou se apenas eram de lá não fica claro. Craghas e seus co-almirantes logo se mostraram cada vez mais mesquinhos no pedágio que passaram a cobrar, e os lisenos escravizavam mulheres, garotas e mesmo garotos para levá-los aos seus bordéis, incluindo Lady Johanna Swann, sobrinha do Lorde de Pedrelmo. A seu tempo, Johanna tornou-se uma poderosa cortesã em Lys e ficou conhecida como Cisne Negro, governante de Lys em tudo menos no nome.

Guerra pelos DegrausEditar

Em 106, forças westerosi lideradas por Lorde Corlys Velaryon, o Serpente do Mar, e pelo Príncipe Daemon Targaryen invadiram os Degraus em retaliação, sendo que o príncipe pretendia construir ali um reino para si. Mesmo com números inferiores, eles infringiram pesadas derrotas aos membros da Tríade até que, após dois anos, Daemon matou Craghas em combate singular. Em 109, os exércitos de Daemon controlavam todas exceto duas das ilhas dos Degraus, e a frota do Serpente do Mar obtivera a supremacia naval. Lorde Corlys coroou Daemon como Rei dos Degraus e do Mar Estreito.

Em 110, contudo, a Tríade liderou um contra-ataque liderado por Racallio Ryndoon, apoiado por Dorne, seus novos aliados, que estavam preocupados com o controle das rotas navais pelo reino mercenário do Príncipe Daemon. A luta continuou até 111, quando o "Rei" Daemon retornou para a corte em Porto Real e lá ficou por vários meses, e se tornou mais furioso em 115 quando Daemon retornou ao Vale após a morte de sua primeira mulher. Cinco outros homens sucederam Daemon como Reis do Mar Estreito antes da aliança Tríade-Dorne engolir o reino mercenário.

Pentos, que fazia fronteira com Myr pelo norte, sempre se mostrou preocupada com seu poder crescente, e frequentemente recebeu Daemon Targaryen vendo nele um aliado. A Velha Volantis teve atitude similar. As Três Filhas, contudo, pouca influência tiveram no norte de Essos, onde Norvos e Qohor a detiveram.

Dança dos DragõesEditar

Na guerra civil westerosi chamada Dança dos Dragões (129 - 131, o Príncipe Daemon e Lorde Corlys apoiaram os Negros. Logo no início do conflito, a frota Velaryon bloqueou a Goela e a Baía da Água Negra. Sor Otto Hightower, Mão do Rei Aegon II Targaryen, buscou a aliança do Reino das Três Filhas por saber que eles eram inimigos do Príncipe Daemon. Otto esperava persuadí-los a se mover e quebrar o bloqueio Velaryon. O Alto Conselho de Triarcas eventualmente se encontrou em Tyrion e optou por aceitar a oferta de Otto.

Uma frota combinada de noventa navios de guerra de Myr, Lys e Tyrosh sob os estandartes das Três Filhas, comandado pelo almirante Sharako Lohar de Lys, velejou dos Degraus rumo à Goela. No caminho, interceptaram a coca Gay Abandon, que carregava dois filhos de Rhaenyra Targaryen, o Príncipe Aegon e o Príncipe Viserys. Aegon escapou em seu dragão Stormcloud, mas Viserys foi tomado cativo por Sharako Lohar.

Uma vez que a presença da frota inimiga na Goela chegou a Pedra do Dragão, o Príncipe Jacaerys Velaryon voou em Vermax junto com mais quatro dragões. A Batalha na Goela terminou como uma derrota para os Negros. A frota vitoriosa das Três Filhas evitou Pedra do Dragão, mas saqueou a Vila das Especiarias e Maré Alta em Derivamarca, sede da Casa Velaryon. Apesar de a Tríade ter vencido a batalha, eles sofreram perdas tremendas. Apenas vinte e oito navios restaram para voltar para casa.

Queda da TríadeEditar

A reação da Tríade à sua "vitória de Pirro" é desconhecida, mas a tempo do Dia da Donzela de 130 AL, a aliança começou a se despedaçar. Aparentemente, além do tumulto pela perda de porção tão gigante da frota na Batalha na Goela, o estopim ocorreu quando um almirante liseno foi assassinado por um rival (ambos disputavam a própria Cisne Negro). Uma aliança entre Pentos, Braavos, e mesmo Lorath (que sempre fora isolada) ajudou a destruir o Reino das Três Filhas.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória