FANDOM


{

"Os Filhos" é o décimo e último episódio da quarta temporada de Game of Thrones. É o quadragésimo episódio da série ao todo. Estreou em 15 de junho de 2014. Foi escrito por David Benioff e D.B. Weiss, e dirigido por Alex Graves.

Sinopse

As circunstâncias mudam depois de uma chegada inesperada no norte da Muralha. Dany precisa enfrentar duras realidades. Bran descobre mais sobre seu destino. Tyrion enxerga a verdade sobre sua situação.

Enredo

Em Meereen

Daenerys Targaryen recebe um cidadão que quer ser vendido como escravo novamente, pois sente que sua vida como um servo de alto padrão era melhor do que viver como um homem livre. Daenerys se surpreende e aceita o pedido, permitindo que o homem assine um contrato com seu antigo mestre por no máximo um ano. O próximo cidadão apresenta para Daenerys os restos carbonizados de sua filha, morta pelo dragão Drogon. Enquanto Drogon não retorna, Daenerys chora ao acorrentar os outros dois dragões nas catacumbas como precaução.

Além da Muralha

Jon Snow se encontra com o Rei Além da Muralha Mance Rayder com a desculpa de discutir o fim do conflito entre eles, mas com a intenção de assassinar o inimigo. Quando Mance percebe o plano ele ataca e quase mata Jon, mas a luta dos dois é interrompida pelo toque de uma corneta que anuncia um ataque.  Uma enorme cavalaria liderada pelo Rei Stannis Baratheon e por Sor Davos Seaworth ataca e destrói o acampamento selvagem. Mance se entrega para Stannis, que pensa em matar o selvagem. Jon sugere deixar Mance vivo e aprisionado, pois um dia ele já mostrou a mesma misericórdia. Depois de organizar um funeral para os irmãos mortos, Jon queima o corpo de Ygritte ao norte da Muralha por solicitação de Tormund Terror dos Gigantes.

Mais ao norte, Bran Stark e seus companheiros chegam ao seu destino: a enorme Árvore Coração que aparece nas visões de Jojen Reed. Ao se aproximar da árvore, eles são cercados por um grupo de mortos-vivos. Jojen é morto no ataque, mas Bran, Hodor e Meera Reed são salvos por um Filho da Floresta. A criatura leva o grupo para uma caverna debaixo da Árvore Coração para encontrar um velho homem sentado nas raízes. O homem diz para Bran que ele nunca mais voltará a andar, mas pode aprender a voar.

Em Porto Real

Gregor “Montanha” Clegane está perto da morte por conta da lança envenenada do Príncipe Oberyn Martell. Qyburn acredita que pode salvar Clegane, enquanto o Grande Meistre Pycelle discorda. Apesar dos protestos de Pycelle, Cersei Lannister expulsa ele de seu laboratório e entrega os cuidados de Clegane para Qyburn. Cersei é avisada por Qyburn de que Clegane pode até ser salvo, mas poderá ficar “mudado”. Apesar disso, Qyburn garante que seu procedimento não vai enfraquecer Gregor.

Pouco depois, Cersei diz para seu pai Tywin que se for forçada a se casar com Loras Tyrell ela irá admitir sua relação incestuosa com Jaime e assumir que seus filhos são frutos desse relacionamento. Ela deixa um furioso Tywin para trás e encontra Jaime no quartel-general da Guarda Real, onde Cersei confessa seu amor pelo irmão e os dois retomam seu relacionamento.

Nas masmorras, Tyrion Lannister aguarda por sua execução, mas Jaime aparece para ajuda-lo a escapar. Eles se despedem em um túnel subterrâneo, mas Tyrion usa uma pequena passagem para entrar na Torre da Mão. Ele encontra Shae na cama de seu pai Tywin. Shae, que prestou falso testemunho contra Tyrion durante o julgamento, acha que Tywin foi quem entrou no quarto e o chama de “meu leão”, um apelido que ela usava para Tyrion. Shae ataca Tyrion com uma faca, mas ele consegue estrangular a mulher até a morte.

Tyrion então pega a besta de Joffrey e encontra Tywin na privada. Tyrion confessa que amou Shae verdadeiramente. Tywin não acredita que Tyrion irá disparar contra ele. Ele tenta negociar, mas diz duas vezes que Shae era apenas uma prostituta, mesmo com o alerta de Tyrion na primeira oportunidade. Na segunda vez, Tyrion mata Tywin com a besta de Joffrey.

Tyrion então conta com a ajuda de Varys para fugir em um navio que seguirá para Essos. Ao ouvir os sinos do castelo soarem o alarme, Varys decide embarcar no navio também.

No Vale

Brienne de Tarth e seu escudeiro Podrick Payne perdem seus cavalos no caminho para o Ninho da Águia. Eles cruzam o caminho de Arya Stark e de Sandor “Cão” Clegane. Quando Podrick reconhece o Cão, Brienne deduz a identidade de Arya e fala sobre o juramento que fez para sua mãe Catelyn Stark. O Cão não acredita nas palavras de Brienne e cita a espada Lannister que ela carrega. A discussão termina em combate: depois de uma luta brutal, Brienne consegue empurrar o Cão de um penhasco e então procura sem sucesso por Arya. Quando Brienne vai embora, Arya sai do esconderijo e encontra o Cão gravemente ferido. Ele implora para morrer, mas Arya rouba seu dinheiro e abandona o Cão para morrer. Depois de cavalgar até um porto, Arya tenta comprar uma passagem para o norte, mas descobre que o navio vai para Essos. Ao ouvir o capitão dizer que o destino é Braavos, ela decide viajar até lá e paga a passagem com a moeda que ganhou de Jaqen H’ghar.