FANDOM


"O Vale" faz parte de História e Tradição, uma série de animações especiais incluídas no Blu-ray da 3ª Temporada de Game of Thrones. É narrado por Aidan Gillen como Lorde Petyr Baelish.

Sinopse

Petyr Baelish descreve a história e lendas do Vale de Arryn, bem como suas tentativas de se isolar de ameaças externas.

Narração

Petyr Baelish: Inexpugnável: é assim que o Vale se vê. Protegido de Westeros por suas montanhas. Chamam a entrada para suas terras de Portão Sangrento porque, durante a Era dos Heróis, uma dúzia de exércitos supostamente sucumbiu contra ele. Mesmo se eles tivessem passado, as estradas do Vale são estreitas, íngremes e traiçoeiras. Metade dos homens teria despencado para a morte certa ou congelado na neve das montanhas. Ou é o que dizem por aí.

Só que o Vale já foi conquistado. Essas exultadas montanhas não impediram que os ândalos viessem do mar oriental. O povo do Vale diz que Sor Artys Arryn, o general ândalo, voou nas costas de um falcão gigante e matou o Rei Grifo no topo da montanha mais alta. Durante a conquista de Aegon, uma de suas irmãs fez o mesmo. Voou em um dragão sobre o Portão Sangrento até o Ninho da Águia, a fortaleza dos Arryn, e o jovem rei Arryn cedeu o Vale em troca de um passeio na fera. Percebem o tema aqui? A racionalização de derrotas com feras místicas e os caprichos de crianças, em vez de reconhecer a causa verdadeira: a arrogância do isolamento.

Os homens do Vale têm tanto orgulho de suas montanhas que não admitem que tenham nenhum defeito. Como com as montanhas, assim também é com o seu sangue. Os primeiros ândalos desembarcaram no Vale, como seus senhores mais orgulhosos, os Arryn, Waynwood e Corbray, gostam de se gabar. Em suas veias corre o sangue da nobreza ândala mais antiga de Westeros. Mas em seus cérebros corre uma tolice ainda mais antiga: a de que sangue importa. Se importasse, esses senhores de sangue puro teriam conseguido exterminar as tribos das montanhas há séculos. Mas esses saqueadores primitivos, cujas tribos se parecem mais com canis do que com famílias, continuam atormentando o Vale. Já até sequestraram um Arryn uma vez. Até Tyrion Lannister, um forasteiro, nenhum senhor do Vale havia pensado em usar as tribos para seu proveito, ou que um povo guerreiro desesperado poderia ser útil, sem mencionar barato.

Mas talvez os senhores do Vale considerem tais ideias inferiores. Afinal, o isolamento do Vale produz uma abundância de honra e balidos piedosos que governam suas decisões em vez da prudência. Como um homem cego que pode apenas imaginar aonde seu cavalo está o levando, duvido que Jon Arryn sequer tenha se preparado para uma guerra civil quando ergueu seus estandartes em vez de entregar seus jovens protegidos, Ned Stark e Robert Baratheon, ao Rei Louco. A honra exigiu e Lorde Arryn obedeceu. Teria feito o mesmo se os garotos não fossem senhores de duas grandes casas que poderiam convocar exércitos poderosos.

Mas talvez eu lhe dê pouco crédito. Afinal, se a guerra fosse contra eles, apenas Lorde Arryn tinha um belo castelo inexpugnável onde se esconder. E ele foi sábio o suficiente para levar a pobre Lysa Tully à sua cama para ganhar as Terras Fluviais como aliadas. Jon Arryn venceu, e Jon Arryn morreu.

Sabiamente, o Vale ficou fora de todo o caos decorrente. Suas colheitas não queimaram ou murcharam nos campos por falta de homens para cuidar delas. Sua força não foi esgotada por exércitos forçados por conflitos fúteis. No Vale, a vida continua como sempre, calma e orgulhosa. Um mundo de muita honra não perturbado por exércitos e homens de baixo nascimento mas com altas ambições. Inexpugnável.

Aparições

Personagens

Casas Nobres

Lugares

Eventos

Culturas

Armas

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória