FANDOM


{


"Lorde Snow" é o terceiro episódio da primeira temporada de Game of Thrones. É o terceiro episódio da série ao todo. Estreou em 1ª de maio de 2011. Foi escrito por David Benioff e D.B. Weiss, e dirigido por Brian Kirk.

Resumo

No Mar Dothraki

Daenerys começa a ganhar confiança em seu papel como esposa de Drogo e ganha o respeito do cavaleiro exilado Ser Jorah Mormont. Mas sua relação com seu irmão Viserys fica estremecida quando ele ataca Daenerys por achar que ela está lhe dando ordens. Como punição, Viserys é sufocado e quase morto por Rakharo, um dos companheiros de sangue de Daenerys. Viserys é obrigado a caminhar de volta para o acampamento depois que a irmã pede que a vida dele seja poupada. A escrava Irri percebe que Daenerys está grávida e conta a novidade para Rakharo e Jorah. Mas em vez de demonstrar alegria, Jorah misteriosamente parte em direção à cidade livre de Qohor para conseguir suprimentos. Em sua tenda, Daenerys diz para Drogo que seu filho será um menino.

Em Winterfell

Com Bran acordado, a Velha Babá conta para ele histórias do antigo inverno eterno, quando os Caminhantes Brancos apareceram pela primeira vez em seus cavalos mortos e transformando os homens que matavam em seus escravos. A história é interrompida por Robb, que confirma que as lesões de Bran são permanentes e que ele nunca mais vai andar. Bran diz que não consegue se lembrar do que aconteceu antes da queda e deseja estar morto.

Na Muralha

Jon se uniu aos outros recrutas sob o comando rigoroso de Ser Alliser Thorne. Ele derrota facilmente todos os oponentes que lutam contra ele. Ser Alliser parabeniza Jon por sua performance, mas ironiza o rapaz ao lhe apelidar de “Lorde Snow” por conta de ser um bastardo e diz que ele é a “pessoa menos inútil no local”. Desiludido, Jon pede para Benjen levá-lo em uma jornada que vai durar meses ao Norte da Muralha, mas seu tio lhe diz que naquele lugar um homem só recebe o que merecer. Tyrion diz a Jon que ele não é melhor do que nenhum de seus novos “irmãos”, mas apenas mais sortudo por ter sido treinado por um mestre de armas enquanto os outros são órfãos ou criminosos que nunca seguraram uma espada até hoje. Para se redimir, Jon decide treinar seus companheiros recrutas. Mais tarde, Tyrion conversa com o Lorde Comandante Jeor Mormont e com o ancião cego Maester Aemon. Eles pedem que o Rei envie mais homens para a Patrulha da Noite, pois os selvagens estão aumentando suas forças e os rumores do retorno dos Caminhantes Brancos estão se espalhando. Tyrion não acredita, mas concorda em fazer o pedido. Antes de deixar a Muralha, Tyrion realiza seu desejo de urinar do alto da grande parede de gelo. Ele se despede de Jon, que aceita Tyrion como um amigo.

Em Porto Real

A comitiva de Eddard chega a Porto Real. Eddard é imediatamente convocado para uma reunião com o Pequeno Conselho do rei. No caminho para a sala do trono, Eddard encontra Jaime Lannister e relembra que o irmão da rainha assassinou o Rei Louco Aerys Targaryen, pai de Viserys e Daenerys. Jaime relembra que Aerys matou o pai e o irmão de Eddard, mas o nortenho não considera isso motivo suficiente para Jaime ter quebrado seu juramento como cavaleiro da Guarda do Rei. Eddard se une ao Pequeno Conselho. Os outros integrantes são: Lorde Renly, irmão do rei, o eunuco Lorde Varys, o Grande Maester Pycelle e o Mestre da Moeda Lorde Petyr “Mindinho” Baelish. Mindinho no passado duelou com o irmão de Eddard pelo direito de se casar com Catelyn e sinaliza que ainda é apaixonado por ela. Renly anuncia que Robert pretende organizar um grande torneio para comemorar a indicação de Eddard a Mão do Rei. Eddard descobre que a realeza tem uma grande dívida, principalmente com o pai da Rainha, o Lorde Tywin Lannister. Catelyn chega a Porto Real em segredo. Porém, ela é levada por uma dupla de guardas até um bordel que pertence a Mindinho. Ele se encontra com ela para dizer que pediu para levá-la até o local para mantê-la escondida e a salvo. Varys também está presente e revela que soube da chegada de Catelyn através de seus espiões. Os três, ao lado de Ser Rodrik, discutem a tentativa de assassinato a Bran. Mindinho surpreende a todos quando admite que a adaga usada pelo assassino já pertenceu a ele. Ele diz que perdeu o objeto para Tyrion Lannister, que apostou em Jaime como vencedor de um torneio passado. Mindinho organiza um encontro entre Catelyn e Eddard e os Stark aceitam ele com um aliado para descobrir quem tentou matar Bran. Eddard volta para seus aposentos e encontra suas filhas discutindo. Arya está furiosa por Sansa ter mentido para proteger Joffrey. Ned relembra que Joffrey um dia será rei e Sansa será sua rainha. Ao saber que sua filha mais nova quer ser espadachim e até possui sua própria espada, Eddard contrata um braavosiano “dançarino das águas” chamado Syrio Forel para ensinar Arya a arte da espada.

Elenco

Estrelando

Curiosidade

  • O episódio tira o título de um apelido dado a Jon Snow por Sor Alliser Thorne.
  • Este episódio é dedicado à memória de Margaret John, que interpreta Old Nan e que infelizmente faleceu em 2 de fevereiro de 2011 após uma breve doença.
  • Durante a cena do Pequeno Conselho, Renly entrega a Ned Stark um pergaminho contendo o anúncio do torneio e os prêmios para os vencedores, que ele lê como "40,000 Dragões de Ouro para o campeão, 20,000 para o vice-campeão e 20,000 para o melhor arqueiro".
  • A palavra que Irri é ouvida ensinando Daenerys, "athjahakar", é a palavra Dothraki para "orgulho". É derivado de "jahak", a trança longa usada pelos guerreiros Dothraki em que eles se orgulham, pois eles apenas cortam suas tranças quando derrotados.
  • Quando Joffrey diz a Cersei que todo senhor no reino ordena a seus próprios soldados levantados de suas terras feudais, ele comenta que ele acha isso primitivo, "não é melhor do que as tribos do monte". Esta é a primeira menção das tribos das Montanhas da Lua que vivem no Vale de Arryn, embora não sejam encontradas na tela até dois episódios depois disso, em "O Lobo e o Leão".
  • Joffrey também menciona "tio Kevan": Kevan Lannister aparece pela primeira vez na tela cinco episódios deste em "The Pointy End". É claro que Joffrey fala frouxamente, porque Kevan é, na verdade, o tio de sua mãe e, portanto, o seu tio-avô (é comum na vida real se referir a tios abençoados como apenas "tio").
  • A velha ama se oferece para contar a Bran uma história sobre Sor Duncan. Esta é a primeira vez na série que Duncan, também conhecido como "Dunk", é mencionado; ele é um dos personagens principais do livro Prequel  "O Cavaleiro dos Sete Reinos", que ocorre 89 anos antes dos eventos de Game of Thrones. Sor Duncan visitou Winterfell em uma de suas aventuras e especula-se que a velha ama o conheceu na juventude.
  • A cena entre Robert, Barristan e Jaime, a cena entre Tyrion, Yoren e Benjen e a cena entre Jorah, Rakharo e Irri foram escritas no último minuto porque o corte grosseiro do episódio estava curto e filmado em pós-produção. Observe que todas essas cenas são cenas interiores que não precisavam ser filmados no local.
  • Nunca é revelado na série quem enviou o assassino para matar Bran e quem é o verdadeiro dono da adaga.
  • Este é o primeiro episódio em que não ocorreram mortes.
  • É também o único episódio nesta temporada sem mortes.
  • Isso também o faz o primeiro episódio sem mortes antes do início da Guerra dos Cinco Reis.