FANDOM


Bravos Companheiros.png

Os Bravos Companheiros são uma companhia mercenária com uma reputação consideravelmente desfavorável. Ela é composta por criminosos e párias de muitas nações. Durante a Guerra dos Cinco Reis, o bando é liderado por Vargo Hoat, um homem alto e magro, de Qohor.

O grupo é comumente chamado de "Saltimbancos Sangrentos" pelos Westerosi pela brutalidade e aparência estranha de seus membros, embora eles achem tal nome insultante. Eles também são chamados de "Homens dos Pés", pelo costume de Vargo de cortar as mãos e pés de seus prisioneiros. Alguns dos membros notáveis da companhia incluem Qyburn, um meistre desonrado, Septão Utt, um sacerdote dos Sete matador de crianças, Shagwell, um bobo psicótico, e Zollo, "o Gordo", um Dothraki. Seu estandarte é uma cabra preta com chifres sangrentos, simbolizando a Cabra Preta de Qohor.[1]

História

Lorde Tywin Lannister trouxera os Bravos Companheiros para Westeros durante a Guerra dos Cinco Reis para forragear e aterrorizar as terras de seus inimigos. Eles foram à Harrenhal e foram adicionados por Rorge, Dentadas e Jaqen H'ghar pelo caminho. Os homens de Vargo entraram em desavença com os homens de Sor Amory Lorch, causando a ambos serem censurados por Tywin. Após Tywin partir, Jaqen, Rorge, e Dentadas ajudaram Arya Stark a libertar os prisioneiros nortenhos. Com os nortenhos livres, os Companheiros ajudaram a massacrar a guarnição Lannister, e abriram os portões do castelo para Roose Bolton.

Vargo Hoat se tornou Lorde de Harrenhal por seu serviço ao Norte, mas suspeitava que seus novos aliados Bolton fossem se juntar aos Lannister. Quando vários dos Companheiros capturaram Jaime Lannister, Vargo ordenou que cortassem a mão da espada de Jaime para criar uma situação entre Tywin e Roose. O plano não funcionou, e Roose logo abandonou Harrenhal. Enquanto tentava estuprar a aprisionada Brienne de Tarth, Vargo perdeu uma orelha, e a feria infeccionara. Com a represália Lannister a chegar a qualquer hora, e Vargo lentamente enlouquecendo por causa de uma febre, a maioria dos Companheiros desertaram. No momento em que Gregor Clegane chegou em Harrenhal e matou Vargo, o grupo já havia se dissolvido em grupos menores.

Após o fim da guerra, muitos Bravos Companheiros se tornaram bandidos e patifes. Um grupo em particular, liderado por Rorge, queimou e massacrou a cidade inteira de Salinas. Por Rorge ter usado o infame elmo de Sandor Clegane, tais feitos foram atribuídos ao Cão de Caça. Outro grupo liderado por Shagwell tentou se esconder. Ambos os grupos foram mortos após uma confrontação com Brienne.

Membros conhecidos

Situação atual

Ao final de A Dança dos Dragões, os membros sobreviventes dos Bravos Companheiros, Urswyck, Zollo, Togg Joth e Três Dedos, estão em fuga e dispersos por Westeros.

Qyburn está atualmente servindo em Porto Real, sob as ordens da Rainha Cersei Lannister.

Referências e Notas

  1. A Fúria dos Reis, Capítulo 30, Arya
  2. A Tormenta de Espadas, Apêndice

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória