FANDOM


"Baelor" é o nono episódio da primeira temporada de Game of Thrones. É o nono episódio da série ao todo. Estreou em 12 de junho de 2011. Foi escrito por David Benioff e D.B. Weiss, e dirigido por Alan Taylor.

Resumo

No Acampamento Lannister

Durante um jantar, Tywin revela que seu filho Tyrion e seus aliados bárbaros vão lutar na vanguarda do exército. Tyrion suspeita que seu pai quer que ele morra. Tyrion retorna para sua barraca e encontra a prostituta Shae, que Bronn trouxe para ele seguindo suas ordens. Os três trocam histórias e Tyrion revela que quando tinha 16 anos casou com uma mulher chamada Tysha, que havia sido resgatada por ele e seu irmão Jaime. Quando seu pai soube do casamento, fez Jaime confessar que Tysha era uma prostituta contratada. O pai então fez Tyrion assistir enquanto todos os guardas faziam sexo com ela e pagavam com uma moeda de prata fornecida pelo próprio Lorde Tywin.

Mais tarde, Tyrion é acordado por Bronn quando as forças Stark se aproximam. Tyrion sai de sua tenda vestido com uma armadura e ordena que os bárbaros lutem, mas ele é pisoteado quando todos correm para a guerrear. No momento em que recobra a consciência, a batalha já terminou e foi vencida. Lorde Tywin revela que os Stark contavam com apenas 2 mil homens e questiona onde estão os outros 18 mil.

Nas Gêmeas

O exército Stark chega até as Gêmeas, uma ponte fortificada controlada pelo rabugento Lorde Walder Frey, que é juramentado a Hoster Tully, pai de Catelyn. Porém, Lorde Frey fechou a ponte e se recusa a deixar o exército passar, o que leva Catelyn a negociar pelos interesses de Robb. Depois de alguma barganha, Frey permite que o exército Stark cruze as Gêmeas e ainda coloca algumas de suas tropas para lutar contra os Lannister. Em troca, ele quer que Robb e Arya se casem com seus filhos no futuro. Robb aceita o acordo relutantemente.

Depois de cruzar o rio, Robb divide suas forças. Ele envia os já mencionados 2 mil homens para distrair o exército de Lorde Tywin. Com a falsa informação que Robb passou para o batedor Lannister capturado, Lorde Tywin acreditava que enfrentaria toda a força dos Stark. Mas o restante do exército ataca Jaime Lannister e consegue derrotar e capturar o irmão da Rainha. Aprisionado, Jaime desafia o inimigo para um duelo particular para resolver as diferenças, mas Robb recusa o desafio.

Na Muralha

O Lorde Comandante presenteia Jon Snow com uma antiga espada da Casa Mormont feita de aço valiriano chamada Garralonga. A espada foi feita originalmente como um presente para Ser Jorah antes do exílio, mas é entregue como reconhecimento por Jon ter salvo o Lorde Comandante do patrulheiro morto-vivo. Mas Jon fica perturbado quando Sam conta sobre a guerra contra os Lannister por sentir que deveria ajudar Robb.

O Maester Aemon chama Jon para dizer porque os membros da Patrulha da Noite não podem se casar: isso forçaria eles a escolher entre seu dever com a ordem e sua lealdade aos entes queridos. O Maester diz que conhece esse sentimento porque ele é Aemon Targaryen, o tio do Rei Louco Aerys Targaryen e tio-avô de Daenerys. Quando os Targaryen foram derrotados e exilados, ele teve que permanecer na Muralha e não ajudou sua família. Aemon diz que Jon precisa escolher entre seu dever com a Patrulha da Noite e sua família, mas lembra que as consequências de sua escolha vão assombrá-lo pelo resto de sua vida.

Em Lhazar

Khal Drogo delira com a infecção causada pelo ferimento que sofreu de Mago e cai de sua sela, um sinal de fraqueza entre os dothraki. Daenerys leva Drogo para sua tenda e chama Mirri Maz Duur para ajudar. Mas Ser Jorah Mormont aconselha Daenerys a fugir, pois os dothraki só respeitam os que são fisicamente fortes. Ele explica que se Drogo morrer, Qotho e os outros irmãos de sangue vão lutar entre si para escolher o sucessor e o vencedor vai matar Daenerys e seu filho para evitar que a criança cresça e se torne um rival. Daenerys se recusa a abandonar seu marido, mesmo quando Mirri diz que ela não pode salvá-lo e que o melhor seria dar a ele uma morte rápida e limpa. Daenerys fica desesperada e pede que Mirri use magia de sangue, mesmo com os alertas de que nesse tipo de feitiço só a morte pode pagar pela vida. Mirri leva Drogo para sua tenda, ordena que todos saiam do lugar e que ninguém entre durante o feitiço. Qotho fica chocado com as ações de Daenerys e tenta impedir o feitiço, mas é morto por Mormont quando tenta interferir. Daenerys entra em trabalho de parto prematuro, mas nenhum dos dothraki que ajudar por acharem que ela está amaldiçoada. Mormont fica sem saída e entra na tenda de Drogo para pedir a ajuda de Mirri.

Em Porto Real

Varys visita Ned na masmorra e diz que se ele fizer uma falsa confissão e jurar lealdade ao Rei Joffrey sua vida será poupada. Cersei concordou em mandar Ned para a Patrulha da Noite como forma de exílio. Ned inicialmente se recusa, mas concorda quando Varys alerta que a vida de Sansa também está em jogo.

Arya tem vivido como mendiga nas ruas de Porto Real desde que escapou dos Lannister. Ela vê uma multidão se reunindo no Grande Septo de Baelor, onde seu pai será julgado perante os deuses. Para conseguir enxergar através da multidão, Arya sobe na estátua de Baelor, o Abençoado. Quando é levado para o meio do povo, Ned vê Arya na estátua e alerta Yoren, um recrutador da Patrulha da Noite. Com Sansa, Cersei, Joffrey e o Pequeno Conselho a sua volta, Ned confessa sua traição e jura lealdade ao Rei em público. Sansa e Cersei ficam satisfeitas e pedem que Joffrey poupe a vida de Ned como havia sido prometido. Mas Joffrey quebra sua palavra e ordena que Ned seja executado. Sansa assiste a tudo horrorizada, enquanto Cersei, Varys e o Pequeno Conselho tentam impedir. Arya tenta ajudar Ned, mas é agarrada por Yoren e impedida de assistir a morte do pai. Quando vê que Arya foi resgatada, Ned aceita seu destino e é decapitado por Ser Ilyn Payne.

Aparições

Mortes

  • Muitos soldados Stark não identificados
  • Muitos soldados Lannister sem nome
  • Muitos membros dos clãs de montanha sem nome

Estrelando

Curiosidades

  • O título do episódio refere-se ao Grande Septo de Baelor, o grande assento da Fé dos Sete e de Baelor Targaryen, o Rei segundo o qual o Grande Septo foi nomeado e a estátua de Baelor Targaryen em que Arya se escondeu, e o fato de que Yoren a resgatou depois que Eddard disse "Baelor" para ele.
  • A contagem do Maestre Aemon dos reis sugere que na série de TV o reinado curto do rei Jaehaerys II foi eliminado, fazendo o Rei Louco diretamente um filho do rei Aegon V ('Egg' do prequel  O Cavaleiro dos Sete Reinos de George RR Martin). Aemon até menciona "egg" pelo nome.
  • Nos livros, Shae é nativa de Westeros, mas na série de TV foi transformada em nativa da Essos para explicar o sotaque alemão da atriz Sibel Kekilli. Nos livros, Shae tem cerca de dezoito anos de idade.
  • A sequência de abertura muda novamente, desta vez deixando o Ninho da Águia e indo para as Gêmeas. No entanto, para os acontecimentos no leste, Vaes Dothrak continua a ser usado, embora a narrativa se tenha movido para Lhazar.
  • A palavra de Eddard Stark para Yoren antes de ser executada, "Baelor", refere-se à estátua de Baelor, o Abençoado, onde Ned vê sua filha Arya; indicando Yoren para protegê-la.
  • As linhas faladas por Pycelle antes da execução de Ned foram faladas pelo Alto Septão nos livros. O Alto Septão, no entanto, ainda está presente na cena, como Ned o menciona. Na verdade, a idéia de George R. R. Martin era dar as linhas para Pycelle.
  • Uma das alterações mais substanciais dos livros ocorre neste episódio, na medida em que Tyrion, de um modo bastante cómico, é tocado inconsciente antes de poder participar da luta, enquanto que no livro ele é um participante ativo. Além disso, nos livros Tyrion contou sua história de ser criado com uma prostituta para Bronn pouco depois de deixar o Ninho da Águia. Cogman afirmou mais tarde que o motivo para isso era manter a batalha fora da tela, enquanto Tyrion estava inconsciente: inicialmente planejavam incluir a Batalha do Forquilha Verde na tela (como nos livros e até mesmo inventaram isso - mas para o final da filmagem, eles simplesmente ficaram sem orçamento e tornou-se óbvio que eles não tinham nenhuma esperança realista de incluí-lo. O sucesso maciço da temporada 1 levou a um orçamento maior nas próximas temporadas, incluindo grandes batalhas na tela.
  • Bryan Cogman afirmou em sua conta no Twitter que, originalmente, os produtores nunca pretendiam incluir a cena em que Tyrion explica sua história com Tysha de fundo na temporada 1 - tendo em mente que na época, eles achavam que teriam sorte para renovar por um segunda temporada, então eles não queriam perder tempo apresentando muitos elementos da trama que só pagariam no futuro se eles não tivessem garantia de que eles tivessem uma outra temporada. Na época, eles planejaram falar sobre Tysha na 2ª temporada, no caso de a série ser renovad\. Como aconteceu, porque o tempo de execução da temporada 1 pareceu curto, eles perceberam que era uma ótima cena para colocar de volta (também porque era uma cena pequena e íntima que envolveu apenas alguns personagens e não demoraria muito mais). Cogman também está convencido de que o desempenho emocional de Dinklage nesta cena de Tysha é o que lhe ganhou o Prêmio Emmy do Melhor Ator Coadjuvante na 1ª temporada.
  • Cogman afirmou que a luta entre Jorah Mormont e Qotho foi originalmente concebida como a luta muito maior que é nos livros, nas quais Rakharo se juntou a Jorah na luta contra os três guardas-costas de Drogo. Em última análise, teve que ser reduzido devido a restrições de tempo - embora Cogman ainda pense que a luta entre Jorah e Qotho na versão final ainda funcionou bem.
  • Cogman disse que o jogo de beber entre Tyrion, Shae e Bronn foi adicionado durante a onda de reescritas atrasados ​​da produção na 1ª temporada, quando perceberam que a temporada estava curta, então eles adicionaram em várias cenas de diálogo de construção de personagens que exigiam pouco orçamento - e que, em retrospectiva, os escritores sentiram que não ajudava simplesmente a completar o tempo de execução, mas que aumentou a caracterização.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.