FANDOM


"Alto Pardal" é o terceiro episódio da quinta temporada de Game of Thrones. É o quadragésimo terceiro episódio da série ao todo. Estreou em 26 de abril de 2015. Foi escrito por David Benioff e D.B. Weiss, e dirigido por Mark Mylod.

Sinopse

Em Bravos, Arya vê o Deus de Muitas Faces. Em Porto Real, a Rainha Margaery se diverte com seu novo marido. Tyrion e Varys andam pela Grande Ponte de Volantis.

Enredo

Em Porto Real

Tommen e Margaery se casam e consumam a relação na mesma noite. Margaery manipula Tommen para que ele faça sugira que sua mãe Cersei retorne para Rochedo Casterly, mas ela recusa a proposta. Cersei se finge de sogra preocupada e confronta Margaery, mas fica sem reação quando ela fala sobre o entusiasmo de Tommen na cama e sobre a idade de Cersei.

Em um bordel, o Alto Septão é atacado por Lancel e vários outros Pardais. Ele é forçado a caminhar nu pelas ruas enquanto é chamado de pecador. O Septão exige que o Pequeno Conselho tome uma atitude contra os Pardais e execute o líder do grupo, o Alto Pardal. Cersei encontra o Alto Pardal pessoalmente para dizer que ele não será executado, que o Alto Septão foi aprisionado e que ele irá assumir a vaga de líder da Fé. Ao retornar para o castelo, Cersei pede para Qyburn enviar uma mensagem para Lorde Baelish. Enquanto Qyburn escreve, o corpo de Gregor “Montanha” Clegane se move na mesa de operação.

No Norte

Fedor atravessa o pátio de Winterfell enquanto vários trabalhadores fazem reparos no castelo. Ele fica horrorizado quando vê vários corpos esfolados pendurados no pátio. Ao servir o jantar para Roose e Ramsay Bolton, Fedor ouve que os Bolton não possuem homens o suficiente para defender o Norte, pois os antigos vassalos da Casa Stark ficaram contra eles. Roose diz para Ramsay que a melhor forma de formar alianças é através de um casamento.

Em Fosso Cailin, Petyr Baelish conta para Sansa que fez um acordo para casá-la com Ramsay. Ela fica enojada com a ideia, pois Roose foi o responsável pela morte de sua mãe e seu irmão. Sansa muda de ideia quando Petyr aponta que essa pode ser uma oportunidade de se vingar. Eles chegam a Winterfell e são recebidos por Roose, sua esposa Walda e Ramsay. Ramsay promete para Petyr que nunca irá machucar Sansa, enquanto Roose chega para discutir as possíveis ramificações desse plano. Petyr diz que com Tywin Lannister morto e Margaery como rainha, eles não precisam mais ter medo dos Lannister. Roose não se convence e mostra a carta que Cersei enviou para Petyr. Petyr reafirma a aliança entre eles, mas Roose pede para ler a resposta da carta de qualquer forma.

Petyr e Sansa foram seguidos secretamente por Brienne e Podrick. Podrick conta a história de como se tornou um servo de Tyrion Lannister, enquanto Brienne relembra de como se tornou fiel a Renly Baratheon quando ele mostrou sua bondade ainda durante a juventude. Ela explica que acredita que Stannis Baratheon foi o responsável pela morte de Renly e que ela jurou que irá matar Stannis como vingança.

Na Muralha

Jon, agora como Lorde Comandante da Patrulha da Noite, recusa a oferta de Stannis de ser legitimado em troca de ajuda para conquistar o Norte. Stannis diz para Jon que seu exército irá deixar a Muralha em breve e marchar contra Winterfell. Na sala de jantar, Jon indica Sor Alliser como Primeiro Patrulheiro. Ele também aponta Janos Slynt como comandante de Guardagris, um castelo arruinado que precisa ser restaurado. Slynt se recusa e insulta Jon, que ordena que o homem seja preso e carregado para o lado de fora. Mesmo com os pedidos de Slynt por misericórdia, Jon pessoalmente decapita Slynt. Stannis assiste e acena em aprovação.

Em Braavos

Arya assiste enquanto o homem com o rosto de Jaqen H’ghar ajuda um homem a beber água de uma piscina. Ele sai para rezar e Arya se aproxima de Jaqen para pedir que ele comece a ensina-la a ser um Homem Sem Rosto. Jaqen relembra que a frase “valar dohaeris” significa que “todos os homens devem servir” e acusa Arya de só querer servir a si mesma. Ela se vira e vê que o homem que rezava morreu, o que significa que a água da piscina é veneno para aqueles que procuram uma morte rápida. Dois servos chegam para levar o corpo embora, mas ignoram Arya quando ela pergunta o que será feito com o cadáver.

Mais tarde, Arya recebe a visita da Criança Abandonada, que pergunta quem ela é. Arya responde que não é ninguém, mas a Criança Abadonada fica insatisfeita com a resposta e começa a bater em Arya. Jaqen chega para encerrar a briga, mas ao perceber que Arya estava prestes a atacar a Criança Abandonada com a Agulha, pergunta como Arya está cercada de objetos que pertenceram a Arya Stark se ela de fato não é ninguém. Arya leva suas posses até uma doca e joga tudo na água. Ela não consegue se desfazer da Agulha e esconde a espada debaixo de algumas pedras antes de voltar para a Casa do Preto e Branco. Jaqen leva Arya até uma sala onde ela e a Criança Abandonada precisam lavar o corpo de um homem morto.

Em Volantis

Ao chegar a Volantis, Tyrion convence Varys a deixa-lo abandonar a carruagem e caminhar pelas ruas. Na cidade, eles observam uma sacerdotisa vermelha pregar para uma congregação de escravos sobre a “salvadora” Daenerys Targaryen. Quando a sacerdotisa nota a presença de Tyrion, os dois se escondem em um bordel. Tyrion conversa com uma prostituta, mas descobre que não consegue convencê-la a fazer sexo com ele e sai do local para urinar. Ao sair do bordel, ele é sequestrado por Sor Jorah Mormont, que diz para Tyrion que pretende leva-lo até sua rainha.


Produção

Elenco

Principal

Notas do elenco

Notas

  • O título do episódio é uma referência ao Alto Pardal, líder da seita religiosa conhecida como pardais.