FANDOM


"A Estrada do Rei" é o segundo episódio da primeira temporada de Game of Thrones. É o segundo episódio da série ao todo. Estreou em 24 de abril de 2011. Foi escrito por David Benioff e D.B. Weiss, e dirigido por Tim Van Patten.

Resumo

No Mar Dothraki

Na estrada para Vaes Dothrak com o khalasar de Drogo, Jorah Mormont revela para Viserys que foi exilado por vender caçadores para mercadores de escravos. Viserys garante que Jorah não seria punido se ele fosse o rei e demonstra impaciência com a demora de Drogo em lhe entregar seu exército. Daenerys passa por dificuldades para se ajustar ao seu novo casamento e ao estilo de vida nômade do povo de seu marido. Ela encontra conforto na companhia dos três ovos petrificados de dragão que ganhou de Illyrio. Ela fica visivelmente distraída e com dor durante as relações íntimas com o Khal. Para conseguir mais controle de sua vida de casada, Daenerys pede para uma de suas servas, a ex-prostituta Dorah, lhe ensinar como agradar o marido.

No Norte

Bran está em coma há mais de um mês depois de ser jogado da torre por Jaime Lannister. Tyrion Lannister dá um tapa em seu sobrinho, o Príncipe Joffrey, por ter se recusado a prestar condolências aos Stark. Tyrion informa a seus irmãos que, apesar da queda, Bran vai sobreviver, para desespero dos gêmeos incestuosos.

Chega a hora das despedidas, com a família Stark tendo que se dividir. As duas filhas de Ned seguem com seu pai para a capital. Jon Snow viaja para se unir ao seu tio Benjen como um membro da Patrulha da Noite na Muralha. Tyrion, que quer ver a “fronteira do mundo” segue com ele. Antes de partir, Jon entre uma espada de presente para sua irmã Arya. Lady Catelyn Stark fica arrasada com a iminente partida de seu marido e tem feito vigia ao lado de Bran desde a queda. Por sempre ter tido ressentimentos por Jon, ela pede que o rapaz vá logo embora quando ele tenta se despedir de Bran. Cat culpa o marido por deixá-la para trás para seguir as ordens do Rei Robert. Antes de se despedir, Jon pede pergunta para seu pai sobre sua mãe, mas Ned promete que vai contar tudo sobre ela na próxima vez que eles se encontrarem. Durante uma parada para comer, Robert conta para Ned sobre as notícias do casamento de Daenerys Targaryen com Khal Drogo e sua preocupação com a possibilidade de Viserys cruzar o Mar Estreito com um exército dothraki para destroná-lo com o apoio daqueles que ainda apoiam os antigos governantes dos Sete Reinos e lhe enxergam como um usurpador. Uma noite depois da partida de Ned, um incêndio se inicia em Winterfell. Durante o caos que se instala no local, um assassino de aluguel tenta matar Bran. Catelyn consegue atrasar o assassino até que o lobo gigante de Bran pule para arrancar a garganta do homem. A tentativa de assassinato levanta as suspeitas de Catelyn. Ela encontra uma mecha de cabelos loiros na torre abandonada de onde Bran caiu e conclui que os Lannister podem estar envolvidos. Depois de conversar com conselheiros de confiança – seu filho Robb, o Maester Luwin, o Mestre-de-Armas Ser Rodrik Cassel e Theon Greyjoy, protegido dos Stark – ela decide seguir para Porto Real em segredo ao lado de Rodrik para alertar seu marido.

Na Muralha

Jon e Tyrion veem a Muralha pela primeira vez durante a viagem para o local com Benjen e outros recrutas. Na estrada, Tyrion e Jon discutem sobre a Patrulha da Noite. Tyrion logo desanima Jon de sua visão romântica sobre a Patrulha e suas nobres batalhas contra as horríveis criaturas que vivem além da Muralha. Ele lembra que hoje a Patrulha se tornou um depósito para os indesejados de Westeros: criminosos, prisioneiros e bastardos.

Na Estalagem na Estrada

No caminho para Porto Real, a comitiva do rei faz uma parada para descansar em uma estalagem. Quando os recém-prometidos Príncipe Joffrey e Sansa Stark caminham ao lado de um rio, eles encontram Arya lutando com gravetos com um amigo, um filho de açougueiro chamado Mycah. Depois de provocar o garoto, Joffrey saca sua espada para um duelo com a justificativa de que Mycah atingiu Arya, uma integrante da nobreza. Mycah e Arya tentam explicar que foi ela que pediu para lutar com ele para praticar. Quando Joffrey deixa o menino cheio de medo e dor, Arya atinge o príncipe para que seu amigo possa fugir. Furioso, Joffrey se vira contra Arya para atingi-la com sua espada quando o lobo gigante Nymeria morde seu pulso. Arya joga a espada de Joffrey no rio e corre para a floresta, onde manda Nymeria fugir e fica escondida até anoitecer. Mais tarde, Joffrey mente para sua família e acusa Arya e seu lobo de terem lhe atacado. Para não perder a preferência de seu prometido ao expor sua mentira, Sansa alega não lembrar do que aconteceu. Cansado da confusão, o Rei Robert culpa seu filho por ter se deixado desarmar por uma pequena garota e declara que cada pai punirá seus respectivos filhos. Porém, Robert cede aos pedidos de sua esposa Cersei e exige que o lobo seja morto. Como Nymeria fugiu, é a loba de Sansa que será sacrificada. Sem conseguir convencer o rei a mudar de ideia, Eddard se responsabiliza por matar a loba Lady pessoalmente. Quando ele vai para os fundos da estalagem, Eddard encontra o guarda-costas de Joffrey, Sandor “o Cão” Clegane, carregando o corpo ensanguentado do filho do açougueiro. Eddard se aproxima de Lady e segura o animal enquanto saca sua lâmina. Entristecido, ele mata a loba gigante, que solta um uivo de dor. Enquanto isso, no Norte, Bran acorda de seu coma e abre seus olhos.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.